Foto do(a) Autor(a)

Qual é a Gíria

André Victor

mina de ouro

A expressão é utilizada para se referir a uma fonte de riqueza ou lucro, seja em termos financeiros ou não. A expressão é comumente utilizada em contextos empresariais e econômicos, para descrever uma oportunidade de negócio ou investimento com grande potencial de retorno. A origem da expressão remonta à época das grandes descobertas de ouro e pedras preciosas, especialmente nas Américas, entre os séculos XV e XVIII. Naquela época, as minas de ouro eram consideradas valiosas fontes de riqueza, capazes de gerar grandes fortunas para os exploradores e proprietários. A expressão "mina de ouro" passou a ser utilizada para se referir a qualquer fonte de riqueza ou lucro, seja em termos financeiros ou não.

Mermão, ela deu sorte e encontrou uma mina de ouro no mercado de artesanato, tá vendendo tudo!



1
0
por: Foto do(a) Autor(a) André Victor

desculpa esfarrapada

A expressão é utilizada para se referir a uma justificativa ou explicação pouco convincente, que não parece ser sincera ou verdadeira. A expressão é comumente utilizada em contextos informais, para descrever situações em que alguém tenta se desculpar por um erro ou falha, mas de maneira pouco convincente. A origem da expressão remonta ao século XIX, quando a palavra "esfarrapado" era utilizada para se referir a uma pessoa maltrapilha, com roupas velhas e surradas. A expressão "desculpa esfarrapada" fazia referência a uma desculpa que parecia tão frágil e pouco convincente quanto as roupas de uma pessoa esfarrapada.

Deixa de migué, essa desculpa esfarrapada não cola!



2
1
por: Foto do(a) Autor(a) André Victor

lobo solitário

A expressão é frequentemente usada para descrever uma pessoa que prefere estar sozinha e independente, sem a necessidade de interagir ou se integrar a grupos sociais. O termo é comumente utilizado em contexto informal, para se referir a pessoas que possuem essa característica. A origem da expressão pode ser atribuída à natureza dos lobos, animais que geralmente vivem em matilhas, mas que também podem ser encontrados vivendo sozinhos. Os lobos solitários geralmente são animais mais velhos ou doentes que são excluídos do grupo, ou então, jovens que saem em busca de novos territórios. Esses lobos costumam ser vistos como mais agressivos e perigosos do que os que vivem em grupos.

O cara sempre foi um lobo solitário, preferia ficar na dele do que se misturar com a galera.



1
0
por: Foto do(a) Autor(a) André Victor

esfregar na cara

É uma expressão popular utilizada para se referir a uma situação em que uma pessoa é exposta publicamente a um erro ou falha, de forma humilhante ou constrangedora. A expressão é comumente utilizada em contextos informais e pode ter conotações negativas. A origem da expressão é incerta, mas acredita-se que ela remonta a práticas antigas de punição em que as pessoas eram obrigadas a se curvar e ter o rosto esfregado no chão, como uma forma de humilhação pública. A expressão "esfregar na cara" pode ser vista como uma metáfora dessa prática, indicando que a pessoa está sendo exposta publicamente a um erro ou falha, de forma humilhante e constrangedora.

Ele aproveitou que ganhou na loteria e esfregou na cara dos amigos que sempre duvidaram dele.



1
1
por: Foto do(a) Autor(a) André Victor

cabeça-dura

É uma expressão popular utilizada para se referir a pessoas teimosas e obstinadas, que não mudam de opinião facilmente. A expressão também pode ter outras conotações, como teimosia, inflexibilidade ou resistência a mudanças. A origem da expressão remonta ao fato de que as pessoas costumavam acreditar que a dureza da cabeça de uma pessoa estava diretamente relacionada à sua teimosia. A expressão "cabeça-dura" é uma metáfora, pois a cabeça humana não é realmente dura, mas sim o crânio que a protege.

Já falei mil vezes, mas ele não ouve, é um cabeça-dura que não aprende.



0
1
por: Foto do(a) Autor(a) André Victor

dar conta do recado

A expressão é utilizada de forma informal para se referir a pessoas que conseguem lidar com uma situação difícil de forma eficiente e bem-sucedida. A expressão é comumente utilizada em contextos cotidianos, para descrever pessoas que são capazes de enfrentar desafios e resolver problemas com competência. A origem da expressão não é clara, mas sabe-se que o termo "recado" é utilizado para se referir a uma mensagem ou tarefa que é transmitida de uma pessoa para outra. No contexto da expressão, o "recado" seria uma situação difícil que precisa ser resolvida ou um problema que precisa ser enfrentado. Assim, "dar conta do recado" remete à ideia de que a pessoa é capaz de lidar com a situação de forma eficiente e bem-sucedida, sem precisar de ajuda adicional.

Vai encarar o desafio e dar conta do recado sozinho ou precisa de uma mãozinha?



1
0
por: Foto do(a) Autor(a) André Victor

atirar paus e pedras

A expressão é utilizada de forma figurada para se referir a uma agressão verbal ou física que pode ser cometida por alguém em relação a outra pessoa. A expressão é comumente utilizada em contextos cotidianos, para descrever situações em que alguém é agredido verbal ou fisicamente por outra pessoa. A origem da expressão remonta a tempos antigos, quando atirar paus e pedras era uma forma comum de agressão física. Naquela época, as pessoas não tinham acesso a armas de fogo ou outros tipos de armamentos modernos, e atirar paus e pedras era uma forma de agressão que poderia causar danos físicos significativos.

Os fãs ficaram tão bolados com o cancelamento do show que decidiram atirar paus e pedras no cara, como se isso fosse fazer ele voltar atrás na decisão.



0
1
por: Foto do(a) Autor(a) André Victor

bronca pesada

A expressão é utilizada de forma informal para se referir a uma repreensão severa ou uma crítica muito forte. A expressão é comumente utilizada em contextos cotidianos, para descrever situações em que alguém é repreendido ou criticado de forma dura e intensa. A origem da expressão é incerta, mas acredita-se que possa estar relacionada ao verbo "bronquear", que significa repreender ou censurar de forma dura e enérgica. A palavra "bronca" também pode estar relacionada à ideia de "bronco", que significa rude ou grosseiro, o que reforça a ideia de uma repreensão severa e incisiva.

O coroa pegou o filho na mentira e deu uma bronca pesada nele, porque não tolera desonestidade.



0
1
por: Foto do(a) Autor(a) André Victor

sossegar o pito

A expressão é utilizada de forma informal para se referir a alguém que está se acalmando ou se tranquilizando após uma situação de agitação ou estresse. A expressão é comumente utilizada em contextos cotidianos, para descrever pessoas que estão se acalmando após uma discussão ou situação de conflito. A origem da expressão é incerta, mas acredita-se que possa estar relacionada ao uso de cachimbos de tabaco. Antigamente, algumas pessoas usavam cachimbos para fumar tabaco, e o ato de acender o cachimbo e fumar poderia ser uma fonte de relaxamento e tranquilidade. Assim, a expressão "sossegar o pito" pode ter surgido como uma forma figurada de descrever alguém que está se acalmando e relaxando, como se estivesse fumando um cachimbo de tabaco.

Minha mãe falava pra eu dar um tempo e sossegar o pito, porque ficar estressado só piora a situação.



0
1
por: Foto do(a) Autor(a) André Victor

chorar as pitangas

A expressão é utilizada de forma informal para se referir a alguém que está reclamando ou lamentando algo de forma exagerada. A expressão é comumente utilizada em contextos cotidianos, para descrever pessoas que estão se queixando de algo de forma exagerada e dramática. A origem da expressão remonta ao período colonial, quando os portugueses trouxeram a pitangueira para o Brasil. A pitangueira é uma árvore frutífera que produz pequenos frutos vermelhos e aromáticos, muito apreciados pelos índios e pelos portugueses. Ao comer os frutos da pitangueira, os portugueses costumavam lamentar e se queixar do sabor adstringente e do aroma forte das frutas, o que inspirou a expressão "chorar as pitangas".

O fulano já tá enchendo o saco, chorando as pitangas porque perdeu o emprego, mas não pode ficar de bobeira, tem que se mexer e procurar novas oportunidades.



1
0
por: Foto do(a) Autor(a) André Victor
Cabeçalho - Top da Galera
Os Top da Galera
702 contribuições
381 contribuições
166 contribuições
52 contribuições
34 contribuições