Foto do(a) Autor(a)

Qual é a Gíria

André Victor

hora h

A expressão é usada para se referir a um momento decisivo, crítico ou de grande importância em algum evento ou situação. A expressão sugere um momento de expectativa e tensão, como se algo importante estivesse prestes a acontecer. A origem da expressão não é clara, mas existem algumas teorias a respeito. Uma delas sugere que a letra "H" na expressão pode se referir à palavra "hora", que em grego é escrita com a letra "h". Outra teoria sugere que a letra "H" pode ser uma abreviação de "hora de Hitler", em referência ao momento em que as forças aliadas invadiram a Normandia durante a Segunda Guerra Mundial.

Tá chegando na hora H da apresentação, é importante se concentrar e mostrar tudo o que sabe.



1
0
por: Foto do(a) Autor(a) André Victor

banho de água fria

A expressão é usada para se referir a uma situação que causa desânimo, frustração ou decepção em relação a algo que se esperava ou planejava. A expressão sugere uma sensação de surpresa e desconforto, como se a pessoa estivesse sendo subitamente mergulhada em água fria. A origem da expressão não é clara, mas é possível que venha do uso terapêutico da água fria. No passado, era comum o uso de banhos de água fria para tratar algumas doenças ou para revigorar o corpo e a mente. No entanto, tomar um banho de água fria pode ser uma experiência desagradável e desconfortável, o que pode ter levado à associação da água fria com algo que causa surpresa e desânimo.

Foi um banho de água fria descobrir que o show foi cancelado, a galera ficou super decepcionada.



0
0
por: Foto do(a) Autor(a) André Victor

cuspir no prato que comeu

A expressão é usada para se referir a uma pessoa que fala mal ou critica algo ou alguém que já lhe beneficiou no passado. A expressão sugere ingratidão e falta de reconhecimento pelos favores que recebeu. A origem da expressão não é clara, mas é possível que venha do hábito de algumas pessoas de cuspir no prato depois de comer, como forma de mostrar descontentamento com a comida ou com o anfitrião. Assim, a expressão "cuspir no prato que comeu" seria uma metáfora para descrever alguém que "cospe" no benefício que recebeu, ao criticar ou falar mal daqueles que o ajudaram no passado.

Cuspir no prato que comeu é uma falta de respeito com quem já ajudou, é como apagar tudo o que já foi útil antes.



1
0
por: Foto do(a) Autor(a) André Victor

dar um tilt

A expressão é usada para se referir a uma falha ou mau funcionamento repentino de um equipamento eletrônico ou de um sistema computacional. Quando um dispositivo ou programa entra em "tilt", pode travar, parar de funcionar ou apresentar comportamentos estranhos e imprevisíveis. A origem da expressão vem do mundo dos jogos eletrônicos, mais especificamente dos fliperamas. Antigamente, os fliperamas usavam placas de circuito eletrônico para controlar o jogo, e essas placas podiam apresentar problemas de mau funcionamento. Quando isso acontecia, o jogo podia ficar "tiltado" ou "bugado", ou seja, não funcionava corretamente.

O celular de minha mãe deu um tilt e fez um estrago, apagou todas as fotos dela e ainda travou.



0
0
por: Foto do(a) Autor(a) André Victor

velha coroca

É uma expressão popular usada para se referir a uma mulher idosa, geralmente com aparência enrugada, desleixada ou mal-humorada. A expressão pode ser vista como pejorativa ou desrespeitosa, pois sugere que a mulher é feia ou pouco atraente. A origem da expressão é incerta, mas é possível que venha do termo "coroca" usado antigamente para se referir a uma galinha velha e magra. Assim, a expressão "velha coroca" seria uma comparação entre a aparência da mulher idosa e a de uma galinha velha e pouco saudável.

Aquela velha coroca é de doer, vive implicando com todo mundo e reclamando por qualquer coisa.



0
0
por: Foto do(a) Autor(a) André Victor

no olho do furacão

É uma expressão que significa estar no centro de uma crise, de um conflito ou de uma situação difícil. A expressão sugere que a pessoa está cercada por problemas e que está enfrentando uma grande pressão, mas consegue manter a calma e a serenidade mesmo em meio ao caos. A origem da expressão vem da meteorologia, mais especificamente dos furacões (tempestades tropicais intensas). O olho do furacão é a região central da tempestade, onde a pressão atmosférica é mais baixa e os ventos são mais calmos. Por isso, a expressão "no olho do furacão" é usada para descrever uma situação em que a pessoa está no centro da tempestade, mas consegue manter a serenidade e a estabilidade emocional.

Seu relacionamento tá parecendo um furacão, tá destruindo tudo no seu caminho e só você tá no olho do furacão, sem perceber.



0
0
por: Foto do(a) Autor(a) André Victor

couro de rato

É uma expressão popular utilizada para se referir a algo de baixa qualidade, algo mal feito, falso ou enganoso. Essa expressão sugere que o material é tão ruim que é comparável à pele de um rato, que é um animal pequeno e pouco valorizado. A origem da expressão é incerta, mas é possível que tenha surgido a partir da comparação entre a pele áspera e pouco resistente do rato com materiais de baixa qualidade. A expressão é bastante utilizada no Brasil, especialmente no Nordeste.

Numa marca dessa eu não boto fé, só trabalha com couro de rato e quer vender como se fosse coisa boa.



1
0
por: Foto do(a) Autor(a) André Victor

andar pisando em ovos

É uma expressão popular que significa agir com cautela excessiva, com medo de errar ou de causar problemas. A pessoa que age assim teme as consequências de qualquer ação que possa tomar e evita tomar decisões importantes por medo de se comprometer ou de quebrar algo. A origem da expressão é incerta, mas uma teoria é que ela se refere à delicadeza necessária para pisar em ovos sem quebrá-los. Ou seja, a pessoa que anda pisando em ovos age com cuidado excessivo, como se estivesse pisando em ovos frágeis e precisasse evitar que eles se quebrassem.

Desde que a empresa começou a passar por dificuldades, o patrão tá pisando em ovos, com medo de tomar uma cacetada e acabar se complicando ainda mais.



1
0
por: Foto do(a) Autor(a) André Victor

no meio do nada

A expressão é usada para se referir a um lugar muito distante, geralmente pouco habitado ou pouco desenvolvido. Ela sugere que o local em questão está isolado e afastado de qualquer centro urbano ou civilização. A origem da expressão é incerta, mas é possível que esteja relacionada ao fato de que, em áreas remotas e pouco habitadas, é comum que se tenha a sensação de estar no meio de um lugar vazio e sem vida. O termo "nada" é usado para enfatizar essa sensação de vazio e isolamento.

Quando o carro enguiçou na estrada, ficamos ilhados no meio do nada, sem sinal de celular e sem saber pra onde seguir.



0
0
por: Foto do(a) Autor(a) André Victor

do outro lado do mundo

A expressão é usada para se referir a um lugar muito distante, que geralmente está localizado no extremo oposto do planeta. O uso da expressão sugere que o local em questão está tão longe que é preciso atravessar todo o planeta para chegar até lá, daí a ideia de que é "do outro lado".

Carol foi estudar lá pras bandas da Austrália, agora tá morando do outro lado do mundo e a saudade bate forte.



0
0
por: Foto do(a) Autor(a) André Victor
Cabeçalho - Top da Galera
Os Top da Galera
702 contribuições
381 contribuições
166 contribuições
52 contribuições
34 contribuições