#cruzeiro

Viaje pelas gírias que têm a hashtag: #cruzeiro

lei de gil

A lei de Gil é a lei do ex-jogador do Corinthians e Cruzeiro, Gil, que quando foi entrevistado, após a vitória do Cruzeiro sobre o Ipatinga por 1x0 na final do Mineirão em 2008, foi perguntado: "Gil, a torcida invadiu o campo, tirou sua roupa, vale tudo, Gil??" e ele respondeu:" Só não vale dar o cu, mas o resto vale tudo".

- Ae rapaziada! Sai do trabalho e hoje tem festinha! Só não vale se esquecer da lei de Gil!



520
78
por: Qual é a Gíria

fala zezé

Fala Zezé virou a expressão que ficou de moda depois que vazou o áudio do jogador de futebol Thiago Neves ( atualmente no Cruzeiro) pedindo ao seu chefe para pagar o seu salário atrasado

Fala Zezé, bom dia cara, deixa eu te falar uma coisa..... vê se vc num consegue pelo pagar esse 60% aí cara



45
11
por: Tiago Luna

cruzeirar

A gíria 'cruzeirar' tem origem da palavra cruzeiro, ou melhor, da equipe de futebol de Minas Gerais, Cruzeiro Esporte Clube.

Podemos considerar que o ano de 2019 foi o pior ano da história do Cruzeiro; a equipe além de ter sido rebaixada para a Série B do Campeonato Brasileiro pela primeira vez em sua história; sofreu e ainda sofre com vários problemas financeiros, seguidos de inúmeras demissões de funcionários e dispensa da maioria dos jogadores do elenco, obrigando a equipe a jogar com os jogadores da base em 2020.

A equipe ainda foi alvo de várias investigações pela Polícia Civil e Polícia Federal, que inclui crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, falsidade ideológica, etc.
Além de quebra de regras da FIFA, da CBF e do governo federal.
Inúmeros jogadores também entraram na justiça contra a equipe por falta de pagamento, além de solicitarem a rescisão imediata do contrato.
Situação essa que também foi sofrida até por funcionários menores do clube, desde profissionais da limpeza à seguranças.
Uma situação altamente crítica e que chegou a ser cogitada a falência de um dos maiores clubes do Brasil.

E foi assim que surgiu uma nova gíria no futebol brasileiro, mais precisamente pelo presidente do Clube Atlético Mineiro - rival do Cruzeiro, Sérgio Sette Câmara.
O então presidente do Atlético deu uma declaração quando foi perguntado numa entrevista sobre a situação financeira da equipe, e o presidente respondeu a seguinte frase: 'Não vamos cruzeirar aqui, estou cuidando bem do Galo'.
E ainda completou:
"Como dirigente e torcedor que sou, também sofri muito com o que ocorreu, mas, aqui no Atlético, nós não vamos 'cruzeirar'. Não vamos fazer nenhum tipo de loucura, nenhum tipo de contratação que esteja acima das condições do clube. Não vamos deixar acontecer no Atlético o que aconteceu do lado de lá", disse o presidente atleticano, se referindo ao estado crítico financeiro e ao caos em que o Cruzeiro se encontra.


Ou seja, a gíria 'cruzeirar' no futebol brasileiro é usada sempre se referindo a atual situação crítica do Cruzeiro Esporte Clube.

O que quer dizer que quando uma pessoa diz, 'nossa equipe não vai cruzeirar', significa que a equipe não vai repetir os mesmos erros críticos cometidos pelo Cruzeiro Esporte Clube em 2019.

Não vamos cruzeirar!
Não vou cruzeirar!
Cuidado para não cruzeirar!
Estou com medo de cruzeirar!
Nós podemos cruzeirar!
Eles podem cruzeirar!
Nossa equipe não vai cruzeirar!



18
7
por: Otávio Henrique
  • 1
Cabeçalho - Top da Galera
Os Top da Galera
84 contribuições
75 contribuições
52 contribuições
50 contribuições
34 contribuições
29 contribuições
20 contribuições